sábado, 1 de março de 2008

Salário base de professor inferior a um mínimo

Professores da rede estadual de educação com carga horária de 150 h/a mensais recebem remuneração inferior a um mínimo: R$364,50. Acumulamos mais um ano com um salário inferior ao mínimo e nenhuma garantia de que essa situação ridícula se modifique: professor com formação superior ter que manter a si e a sua família com um valor desses por mês. A nossa "representação sindical " alega que o nosso problema não deve ter caráter local mas sim nacional, dizem eles "nossa luta é pelo piso". Mas me digam caros colegas de profissão, se recebemos a pior remuneração do País deveríamos olhar primeiro para nosso umbigo e questionar por quê somos tratados assim pelo governo do Estado. A nossa luta começa em casa, pois não há estado em todo o Brasil que pague remuneração pior que a nossa. Não podemos nos contentar felizes em esperar a implantação do piso que como já foi dito não atenderá a 100% da categoria. Merecemos e exigimos um tratamento mais digno por parte do governo do Estado e também ações por parte de "nossa representação sindical", que ela realmente nos represente e defenda nossos interesses, mostrando serviço, afinal esse grupo que está a frente do Sintepe, tem bastante experiência pois "nos representam " desde 96. Tiveram bastante tempo para mudar nossa situação e pouca coisa mudou, acumulamos perdas e ocupamos hoje o último lugar em remuneração de docente de rede pública estadual, recebemos o pior salário do Brasil. Esse título não pode ser aceito de bom grado por nenhum docente pernambucano, daí a nossa indignação. Se o governo se orgulha do fato e nossa "representação sindical" não se manifesta em contrário e aponta Brasília como nosso norte e redenção, nós docentes pernambucanos, os mais mal pagos do País bradamos: queremos mudanças já, merecemos e exigimos respeito, tratamento digno de nossa função que é a formação dos cidadãos pernambucanos.

6 comentários:

  1. Pernambuco tem um curículo invejável: Paga o PIOR salário aos profissionais em educação e está entre os piores na avaliação do IDEB.E se depender do "nosso" sindicato e da vontade do governo carregaremos essa marca por longos anos.
    Pernambuco imortal, imortal...ações governamentais...

    ResponderExcluir
  2. Não clique no primeiro comentário pois trata-se de vírus.

    ResponderExcluir
  3. Caros colegas, publiquei outra charge sobre o nosso "aguerrido e lutador" Sindicato, que nos levou a este "podium", e que tem se esmerado em atacar a gestão de Eduardo em seus boletins dominicais nos jornais. Se quiserem ver, vão ao link abaixo.

    http://indignadope.blogspot.com/

    grato

    ResponderExcluir
  4. Coisas como esta ocorrem em nossa categoria porque nós também somos culpados e ACEITAMOS tudo. No máximo, apenas reclamamos e fazemos ocasionais greves morrendo de medo de corte de salário e de ameaças vazias do governo. Também somos culpados pela inoperância de nosso sindicato, pois também não cobramos nem pressionamos devidamente nossas "lideranças" sindicais.

    ResponderExcluir
  5. INDIGNADO,a charge é ótima, parabéns pelo senso de humor e criatividade.
    A categotoria certamente está agradecida.
    Considerações e abraços !

    ResponderExcluir