sábado, 20 de fevereiro de 2010

O carnaval do SINTEPE


Nada contra a confraternização animada do carnaval, pois festa é coisa boa e todo mundo gosta, mas uma coisa é preciso saber: quanto custou a festa promovida pelo sindicato no último dia 12 de fevereiro?
.
Conforme noticiado pela imprensa, o bloco do SINTEPE ofereceu agrados adicionais aos foliões: "A festa é aberta a todos os trabalhadores em educação e os associados que apresentarem o contracheque poderão adquirir o Kit, com uma camisa e fichas, para cervejas e refrigerante" (JC Online - clique aqui).
.
Enfim, a contribuição sindical - que não financia uma campanha decente de esclarecimento à sociedade sobre a situação real da educação e dos educadores em Pernambuco - é utilizada para bancar bloco carnavalesco com direito ao "kit"!
.
Seria interessante saber qual o montante investido na festa (incluindo em sua divulgação) para que pudéssemos saber melhor como anda sendo empregada a contribuição sindical paga pela categoria.

17 comentários:

  1. Como já disse Paulo Alexandre em relação a esta festa: Não passou de "pão e circo"

    ResponderExcluir
  2. Vocês já repararam que quando se trata de investir em: "conferências de educação em hotéis", "formação da base" e "festas" não há problemas de verbas no SINTEPE?
    Todavia para divulgar a realidade da categoria junto á população, nunca há dinheiro suficiente, nunca na história da gestão eduardina, houve menção de algo relacionado a isso, investir em propaganda esclarecedora.

    Vamos propor que nossas contribuições sejam divididas e utilizadas, seguindo-se o critério de importância para o progresso de nossa causa.

    ResponderExcluir
  3. Deveria existir uma espécie de sistema nos moldes de um "orçamento participativo" para determinar critérios e prioridades para os gastos do Sintepe. Certamente o aproveitamento dos recursos seria muito mais proveitoso.

    ResponderExcluir
  4. eu sei que vai fugir um pouco do tópico mas... alguém já conseguiu acessar o contracheque? estou tentando ver o meu mas dá indisponível...

    ResponderExcluir
  5. Você não consegue postar comentários no site do Sintepe. Eles dispõem do MANDE NOTÍCIAS, porém quando se escreve alguma coisa e envia pra lá, não se obtém resposta.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo, eles só disponizam o contracheque no dia do pagamento. É sempre assim.

    ResponderExcluir
  7. É muita má vontade também.

    Será que o sindicato só presta se for para fazer greve? O sindicato também deve tratar de atividades recreativas e nossa contribuição deve servir para isto sem problema.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Estados totalitários e sindicatos teem algo em comum, falta-lhes uma coisa chamada transparência, quando fomos representados diferentemente, ou seja, POR profissionais e não "apaixonados", quem sabe seremos professores e não proletariado.

    ResponderExcluir
  10. O anônimo acima deve ter ganho um kit!
    [2]

    ResponderExcluir
  11. É por causade pessoas, como o anônimo que ganhou o "KIT circo" que estamos nesta roubada de má representação sindical!!!
    O próximo Kit, que nos será dado em todo o correr do ano letivo, caros, poderá com certeza ser o KITLASK!!!

    ResponderExcluir
  12. Mas nós vamos receber um kit, que vem com cadernetas, aula atividade aos sábados e salários ridículos.

    ResponderExcluir
  13. Vamos fazer valer o Estatuto do Magistério, em momento algum o Estatuto determina dia e hora para realizarmos aulas atividades. Agora a SEE inventa instrução determinando o dia para exercer tais aulas. Uma palhaçada!
    É o professor que planeja e diz o dia para suas aulas atividades, basta ver o Artigo 16 do Estatuto. Além disso a escola precisa oferecer as condições adequadas para que possamos desenvolver nosso trabalho.
    Trabalho em um galpão e uma estufa, ambos batizados de escola.
    No galpão não há sequer biblioteca, espaço para recreação, nem área para esducação física.
    Foi o que nos sobrou após a transformação do Tito Pereira (Aldeia/Camaragibe)em Centro de Referência. Para o galpão foram mandados os que não se "encaixaram"no processo de transformação.
    Ah! por falar em palhaçada que muito lembra-me Carnaval, quanto custou a ida do grupo Patusco e as dua bandas de Frevo, animadores do Carnaval Sintepe?

    ResponderExcluir
  14. É por todos os pontos negativos levantados aqui nos comentários que tenho ainda mais certeza de não me filiar ao SINTEPE, nao enquanto continuar essa gestão irresponsável, desmoralizada e ineficiente liderada pelo Heleno.

    ResponderExcluir
  15. Se liguem pra conseguir descobrir a sujeira embaixo do tapete no SINTEPE.Investiguem o funcionário que cuida da grana!!! é PODEROSO.

    ResponderExcluir