terça-feira, 6 de abril de 2010

Censo dos seguidores e Colaboradoes

Caros amigos,
Preciso traçar um perfil de nossas escolas e quem temos em determinadas cidades ou comunidades, portanto peço aos colegas que coloquem nos comentários dados como já fiz como referência. Desta maneira poderemos iniciar, com bases concretas, a contra ofensiva às mentiras do governo. Nenhuma ação pode acontecer sem conhecermos nossos pares.

14 comentários:

  1. Escola Epitácio André Dias - Cajueiro Seco- jaboatão dos Guararapes. Problemas: Biblioteca abarrotada de livros mas não funciona por falta de funcionário responsável, Sala de informática idem, falta professor de matemática para sexta série desde o início do anos, quadra de esportes descoberta, problemas de agua potável.

    ResponderExcluir
  2. Senhores Deputados:


    Com que cara irá visitar os nossos bairros e lares para pedir voto aos professores e familiares depois de terem diminuído os seus salários?
    Com que cara de pau irá às televisões para mentirem ao dizer que defendem a educação?
    Como acreditar mais uma vez nesse mau caráter desse governador em mais uma temporada?
    Temos que dar o troco a esses mercenários que estão no poder só mesmo para legislar em causa própria.
    Quando estão em campanha fazem tudo para passarem a idéia de que estão tentando melhorar a educação, mas quando a campanha eleitoral passa, eles se mostram a todos o que realmente são: verdadeiros loubos com cara de ovelhas desmamadas.
    Mesmo aqueles que se abstiveram de votar e os que votaram ao nosso favor, só fizeram isso porque sabiam que iriam perder... se a votação fosse apertada, eles votariam contra o professor para agradar o seu parceiro desgovernador Eduardo Campos.
    Depois dessa sacanagem, em quem votar na próxima eleição?

    ResponderExcluir
  3. Se não tiver opção, ANULE seu VOTO e durma feliz!!! Sem essa de votar no 'menos ruim'.

    ResponderExcluir
  4. Escola Ana Malta, bomba do hemetério, o prédio é uma antiga casa reformada, não há quadra, e o espaço para circulação dos alunos é muito pequeno sem falar no calor das salas o laboratório de informatica não funciona desde o ano passado

    ResponderExcluir
  5. Escola Alzira da Fonseca Breuel, em Cajueiro Seco, Prazeres: Não há mais biblioteca, pois o prédio onde funcionava a mesma e uma sala de aula está rachado(teto e piso). A turma que estudava na sala condenada , está agora onde deveria funcionar o laboratório de ciências.

    ResponderExcluir
  6. Salas super-lotadas, quentes.Falta de cadeiras,ventiladores ( o ano passado ficou o ano inteiro sem ventiladores, este ano mandaram um tipo marca TUFÃO, a qual a maioria já quebrou ).Quadra descoberta.Falta de sala de professores,falta de salas de aula adequadas.Agora estão construindo mais 4 salas de gesso anexas , cobertas com telhas brasilites e disseram que também vão fazer a dos professores, só que não sei quando e nem em que condições. É sempre assim: o estado acha que professores e alunos podem desenvolver seus trabalhos em qualquer cubículo, em qualquer anexo, em qualquer canto.Tem mais a quadra quando chove fica inutilizada porque fica cheia de água e as crianças correm o risco de se machucarem.A escola passou por reparo do telhado ano retrasado, mas basta chover pra começar o pinga-pinga na sala de aula.Bom, disseram que este ano vão resolver tudo, estamos aguardando, inclusive as bancas chegarem desde do início do ano. Talvez, resolva-se mesmo, pois além de ser ano de eleição, mudou-se a direção, o que não quero dizer aqui que a direção antiga fosse incompetente, é que como a nova diretora foi indicada pela própria GRE, talvez tem mais chance.

    ResponderExcluir
  7. Pessoal, a sugestão é enviar para as seções cartas dos principais jornais, normalmente eles publicam. Vamos lá, tirem fotos, enviem para seus contatos, pro nosso blog, divulgem o máximo que puder. Mandem também pro Sintepe.

    Enviem para os três de uma só vez:
    cartas@dpnet.com.br
    cartas@folhape.com.br
    cartas@jc.com.br

    ResponderExcluir
  8. Juliana preciso do nome e localização de tua escola.

    ResponderExcluir
  9. Escola Diario de Pernambuco, no Engenho do Meio. Quadra descoberta, cheia de mato e mosquito, invivável para a prática de esportes saudável. Falta de segurança: a escola é numa rua pouquíssimo movimentada e homens que não são alunos circulam diariamente por lá. Nas últimas semanas, houve tumultos, princípios de brigas de galeras e houve até um baleado em frente à escola. A polícia foi acionada três vezes nesses últimos dias. Funcionários e alunos estão apavorados.

    ResponderExcluir
  10. Escola Diario de Pernambuco, Engenho do Meio. Falta funcionário para abrir e fechar o portão. O último pediu pra sair há alguns meses porque não aguentou a bagunça. O educador de apoio da manhã tirou licença por problemas de saúde e a Secretaria de Educação não enviou substituto. Pais, alunos e professores não contam com esse apoio. Há apenas uma educadora de apoio na escola para dar conta das obrigações dos 3 turnos!

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Escola Creuza Barreto Dornelas Câmara (CAIC da Torre). A escola possui salas superquentes com vários vintiladores quebrados. Piloto, recebe-se apenas 1 no início do ano (esperam que ele dure 200 dias letivos). O pior não é a infra-estrutura da escola mas sim a omissão da direção quanto aos problemas disciplinares da escola. O "pau come", os alunos se agridem, degradam o patrimônio na frente de todos e toda a direção e funcionários da secetaria se trancam em suas salas e não tem que os tire de lá. Em um ponto, no entanto, a direção é implacável: perseguir o professor. Gostaria que os professores desse blog dessem sugestões de como podemos denunciar publicamente aqueles que se equecem que estão diretores mas são professores.

    ResponderExcluir