sábado, 5 de abril de 2008

Cegueira jornalística

Não é novidade que a revista Veja pratica um jornalismo canhestro, associado ao que há de mais conservador e, porque não dizer, golpista. Não é segredo o fato de que a revista é tucana desde a capa até a última página, mas este veículo de imprensa marrom também é capaz de surpreender.
.
Ao tratar do governo de Eduardo Campos, a Veja exagerou sua costumeira prática de distorcer os fatos e considerou que o governador está promovendo um "choque de gestão" (mais um conceito vazio de nossa modernidade política) que possui destaque na área da educação! Segundo a revista, grandes avanços estão ocorrendo na educação em Pernambuco... mas cabe perguntar: o jornalista imbecil que chegou a esta conclusão é capaz de viver com o salário que recebe um professor pernambucano? Se a resposta for negativa, então o dito publicista deveria deixar de escrever asneiras e vendê-las como verdades, afinal, ele não conhece absolutamente nada sobre a situação da educação em Pernambuco!
.
Leia aqui a matéria da Veja.

4 comentários:

  1. Seria de bom tom enviar um e-mail para esse "jornalista comprometido" com a tabela salárial dos profissionais em educação do Estado e perguntar se hove investimentos qualitativos na educação. Com certeza, ele não leu as matérias do JC sobre nossa situação. Deve ter se baseado, apenas, nas informações prestadas pelo (des)governo. E ainda se diz jornalista! Uma fraude, isso sim!

    ResponderExcluir
  2. Tucana? Acho que ela é ainda pior do que isso...

    E uma porção de babacas que a lêem vão acreditar em tudo... arrego!

    ResponderExcluir
  3. Saiu hoje no DP: "Eduardo Campos está entre os seis governadores mais bem avaliados do país com destaque nas áres de educãção e saneamento".(Diário Político, A2).
    Lembrei-me de um professor de estatística da UFPE que dizia,jamais acredite nas estatísticas, a não ser que você mesmo as adultere.
    Pois é, João Paulo também está entre os melhores prefeitáveis.

    ResponderExcluir