segunda-feira, 7 de julho de 2008

Do piso ao subsolo

Piso hoje, subsolo em 2010!


Se o tão festejado piso salarial estipula o valor de R$ 950,00 para professores em início de carreira (com ou sem curso superior, é bom lembrar) que possuem 40 horas de jornada semanal, então o valor pago aos professores com 20 horas semanais será R$ 475,00 (não temos aqui este tipo de carga-horária, embora esta modalidade de contrato seja comum em outros estados e em inúmeros municípios em todo País).
.
Sabemos que a adoção do piso, além de insuficiente em seu valor, é lerda em termos de aplicação, pois ainda será nacionalmente efetivado em três anos.
.
Embora a ilusão do momento tenha deixado muitos professores cegos, temos que buscar enxergar além da cortina de fumaça e pensar objetivamente em certos desdobramento até aqui pouco discutidos. Já salientamos que o piso será equivalente a apenas 2,3 salários mínimos e, sendo assim, tomando como referência o fato de que o atual salário mínimo é de R$ 415,00, imaginemos então que, em 2010, quando o piso for consolidado, o valor do salário mínimo certamente sofrerá correções, implicando numa conseqüente defasagem do já irrisório piso salarial dos professores.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir