terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Centros Experimentais

A Escola Tito Pereira de Oliveira (Camaragibe) será um dos famosos Centros Experimentais. Em janeiro, período em que o professorado encontra-se de férias, aconteceram três reuniões para discutir-se o assunto, porém nem todos os professores foram convocados para as reuniões, a seleção foi feita pela própria direção da escola que coincidentemente deixou de fora os professores que não a apoiaram (candidata indicada pela GREE), ou seja não trabalharam (sou uma das que está fora do projeto) para que a mesma chegasse ao poder na eleição passada (2005).
Denunciei o fato ao Sintepe e questiono a legalidade do processo uma vez que o mesmo acontece em momento que nos é garantido férias, além disso a convocação para as reuniões chegou apenas para alguns.
Ando no aguardo de respostas, as aulas estão quase começando e nem sei como vai ficar minha situação e dos outros colegas.
As notícias que tenho são dadas pelos professores que assistiram as reuniões, falam maravilhas, primeiro vem a sedução através do acréscimo salarial (R$ 125 % sobre o salário base), dos materiais didáticos disponíveis para a prática diária, ou melhor tudo que nós profissionais em educação necessitamos para desenvolver um bom trabalho, porém não temos acesso (por vezes não dispomos de lápis para quadro, papel ofício, água para beber etc.)
Sabemos que em todo processo há pontos positivos e negativos. Será que alguém apresentou o lado negativo da proposta? E as empresas privadas que bancam o projeto?
O que sabemos sobre o rendimento dos alunos do Ginásio Pernambuco (Centro Experimental) ?
Qual o grau de satisfação de professores e alunos envolvidos no projeto? Qual o posicionamento do Sintepe em relação aos Centros?
Busco respotas. Continuo no aguardo...

13 comentários:

  1. É muito lamentável !.... É realmente BOATO !...Vamos cobrar a presença do Vereador EDUARDO NAPOLEÃO E DE OUTROS POLITICOS. Estivemos presentes e não vimos nenhum POLÍTICO nesta reunião de quarta-feira (07/Jan)..! Será que ele estava invisível ??..Pois deveriamos cobrar a presença dos politicos que realmente sejam sensíveis às ações para o crescimento da COMUNIDADE.
    Registramos que o Governador e o Secretário de Educação foram muito felizes, por dar continuidade a um dos programas importantes para os jovens carentes de um local pobre, contemplando a comunidade de Aldeia, após ouvir a própria Comunidade.

    ResponderExcluir
  2. Aonde estava o Vereador EDUARDO NAPOLEÃO ...?? Só ví pais de alunos, comunidade, órgãos de classe não governamental (Rotary Aldeia) Fórum Sócio Ambiental de Aldeia) pessoal da Secretaria de Educação e do PROCENTRO, bem como os professores que fazem a Escola Tito Pereira. Ausência total de político.Vamos cobrar essa presença !!.. Ela se faz necessária. Pois só atraves de politico realmente comprometidos com o social é que atingimos nosso ideal.

    ResponderExcluir
  3. Olá Competente e Fatinha !...
    Acho que vocês estão um tanto equivocados !!...
    Realmente não se pode dizer que os professores mesmo de férias não tenham sido chamados, pois sou testemunha de que ví e recebí a convocação para apresentar meu curriculum.
    Revejam suas posições com relação ao comentário, pois ele realmente cabe em outro local.

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que este governo se lembrou da população esquecida de Aldeia.Espero que o ensino melhore e que a Escola Tito Pereira seja uma referência a exemplo do Ginásio Pernambucano.
    É preciso ver o perfil de cada professor, que os mesmos tenham preparação e capacitação para oferecer aos alunos qualidade.

    ResponderExcluir
  5. Lamentável é apoiar as políticas de exclusão,sou professora dessa unidade e juntamente com outros professores ficamos de fora da reunião e do projeto? Sabem por que? Não fizemos campanha apoiando a atual diretora.
    Quanto a presença do vereador Napoleão essa foi afirmação foi feita por colegas que estavam presentes e ligaram-me (9/1/8 as 9 horas) citando o fato,acontecimento este que não estranho uma vez que vi por diversas vezes o tal vereador utilizar o espaço da escola para fazer política partidária (e nenhum apoio a educação)inclusive no período em que a atual diretora era candidata.
    Infelizmente a comunidade desconhece o que realmete há por tras de toda essa questão, é comum nos encantarmos com promessas de campanhas.

    ResponderExcluir
  6. Minha Cara Colega Albenia,

    A concorrente nas eleição passadas que elegeu a atual professora foi uma colega nossa cujo nome é: Profª ELENILZA e toda comunidade é sabedora que ela teve apoio POLITICO...!! Será que a Cara Colega sabe de quem foi ????... Pois todos nos sabemos.
    Até você minha colega fez camapanha !!.. Concorada..?
    Registro que o comentário da Profª TINA MONTEIRO na matéria "Centros de Excelencias" também publicado por você, retrata a pura verdade.

    ResponderExcluir
  7. Profª Albenia, procure o Vereador EDUARDO NAPOLEÃO, já ví que ele é muito forte...!!!Bata algumas fotos que transforme os seus comentários em realidade...! Pois já ví que ele é invisível nos recintos da Escola Tito Pereira.

    ResponderExcluir
  8. A informação sobre a presença do o tal vereador foi dada por colegas de vocês (convocados e presentes a reunião).
    Quanto a minha participação na campanha passada, penso que realmente você não me conhcece, pois a própria professora Elenilza, foi a primeira a saber sobre minha postura, disse-lhe que daria meu voto mas,não faria campanha, até porque eu já imaginava a sujeira que seria.
    Quanto a invisibilidade do vereador,só se for coisa recente, pois nas reuniões de campanha era ele que vivia na escola orientando as filmagens, ou vocês também não sabem disso?

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Prof Albênia e demais leitores:

    Antes de pensarmos no NOSSO bem estar e nos NOSSOS próprios interesses, sejam políticos ou profissionais, temos que priorizar os ALUNOS, que serão os maiores beneficiados nesta implantação, a quem nós enquanto instituição, sempre nos disporemos a defender e a ajudar.

    Portanto, penso que a reunião foi positiva e àqueles que não estavam presentes, basta ler a ATA que foi assinada por todos e relatada com riqueza de detalhes.

    Cordiais Saudações,

    Philipe Jardelino da Costa
    RC Aldeia - Distrito 4500
    Presidente 2007~2008

    ResponderExcluir
  11. Fhilipe,
    É justamente por pensar no aluno que defendo melhores condições de ensino-aprendizagem PARA TODOS. Considero-me comprometida com a educação, inclusive tenho vários projetos trabalhados nas escolas por onde tenho passado, projetos estes bancados muitas vezes com recursos próprios e fora de meu horário de trabalho.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. "...a desinformção é geral, não sei se por ignorância ou por falta de vontade..." após pegar um gancho numa citação memorável venho esclarecer que o papel do legislador municipal (como foi citado o nome do vereador Eduardo Napoleão) não é participar de decisões de políticas estaduais (pelo que me consta a Escola Tito Pereira é Estadual), entretanto quero pedir a estes ilustres mestres do ensino que me esclareçam como um vereador interfere junto ao governo do Estado (2º o TSE temos 1.752 vereadores em PE). Dou a chance de se não souber responder, que fiquem calados para não falar (escrever mer..., ops desculpem!).
    Não usem esse espaço para fazer palanques!

    ResponderExcluir
  13. não sei por que as pessoas têm mania de falar das coisas das quais não têm conhecimento. penso que vcs se preocupassem mais em visitar os centros saberiam que a realidade das escolas públicas é bem diferente da dos centros de ensino. fiu aluna da escola e sei que 90 por cento do que é dito é verdade, participei de muitas coisas e sei que para os incompetentes de plantão, o fato de não serem convocados para essa tal reunião gera, sem dúvida alguma, inveja e motivos pra falar do que desconhecem . acho que a professora de plantão precisa de um nivél mais elevado de informção para poder ser convocada. acredito que ninguém gostaria de ter um professor mal informado e ppouco competente no centro de excelência como o agora chamado cícero dias
    , antes vulgo ceegp. passar bem

    ResponderExcluir