quinta-feira, 11 de março de 2010

A Oposição

Na Assembleia passada (10/03) a Oposição foi acusada pelos dirigentes sindicais de estar promovendo através do blog Alternativa Sintepe, uma campanha de desfiliação em massa. Se nossos representantes tivesssem acessado e prestado atenção certamente não teriam feito a infeliz acusação, em momento algum utilizamos o blog para tal ação, fazemos críticas diversas sim, porém defendemos uma sociedade organizada e, os sindicatos são um dos mecanismos para tal fim.
O blog é aberto à todos inclusive é visitado e comentado por pessoas da direção sindical. A companheira Andrea tem todo o direito de expressar sua opinião onde e da forma que quiser. Em 2008 quando nos candidatamos (Resistência e Luta/ Chapa 2) para concorrer às eleições sindicais, Andrea Simone apoiou e atuou de forma intensa em prol de nossa chapa, fato reconhecido e agradecido pelo grupo, porém, desacreditada com as atitudes (ou falta delas) do Sintepe, a companheira resolveu apostar na desfiliação, postura que discordamos por acreditar que, enfraqueceremo-nos ainda mais enquanto categoria. Mas, é uma decisão que compreendemos e precisamos respeitar, não podemos exigir que as pessoas que opõem-se ao Sintepe necessariamente tenham, que pensar igual ao 'grupo de oposição'.
O Alternativa é criação do mestre Paulo Alexandre Filho, e surgiu no período da greve de 2007, foi a forma por ele encontrada de manter-nos conectados às questões de interesse dos trabalhadores em educação. Portanto façam uso desse canal da melhor maneira possível.
"Navegar é preciso... VIVER, também...."

5 comentários:

  1. O blog é um espaço para manifestação de ideias. Geralmente estas ideias criticam a direção do SINTEPE porque não somos obrigados a concordar com sua atuação. Vejo aqui mais críticas e denúncias contra a política educacional do governo do que no site do sindicato ou nas notinhas vazias que o SINTEPE publica nos jornais locais.

    O blog não é uma chapa eleitoral. Nunca foi.

    Como este é um espaço para discussão de ideias, elas são colocadas sem mediação ou censura. As ideias aqui expressas são de responsabilidades de quem as concebeu e não são diretrizes impostas a ninguém.

    A professora Albênia é a atual proprietária-administradora do blog e aposto que ela não fará reserva no sentido de impor um direcioamento editorial para o blog, pois ela sabe ser democrática e sabe respeitar a diversidade de opiniões. Também sei que ela está disponível para habilitar mais autores no blog, pois esta ferramenta digital não é um instrumento de nenhum grupelho.

    É importante registrar isso porque nem sempre é fácil entender ou lidar com a liberdade de opiniões.

    A professora Andrea fez uma exposição corajosa que expressa sua indignação justa sobre a situação do sindicato.

    Não concordo com a ideia de uma campanha de desfiliação em massa, mas não há nada da ilegítimo em sua opinião.

    ResponderExcluir
  2. Viva a liberdade de expressão e idéias.
    PARABÉNS A ALTERNATIVA

    ResponderExcluir
  3. Gente, vamos sistematizar uma associação de real defesa dos direitos dos profissionais em educação. Não contribuo com o SINTEPE há tempos, pois já havia perdido as esperanças no movimento sindical. Sinto uma necessidade imensa de participar de um movimento sério, responsável e comprometido, em uma organização com esses mesmos valores. Só estou esperando a marcação de dia e hora para começarmos esse novo tempo. Marquem e estarei lá, para preencher a minha ficha de filiação.

    ResponderExcluir
  4. É exigência legal de somente existir uma única entidade sindical, representativa de um grupo, num mesmo espaço geográfico. Trata-se do monismo sindical. Por este motivo não é possível existir um sindicato "concorrente" do SINTEPE.

    No caso de SP, o que ocorre é que os vários sindicatos na área dos servidores da educação estadual são representativos de segmentos específicos, existindo um para professores ativos, outro para aposentados, um para orientadores educacionais, outro para administrativos...

    Pela abrangência do SINTEPE, não sei se é possível constituir uma entidade sindical paralela exclusiva para professores, visto que este segmento já é representado pelo SINTEPE. Seria útil consultar algum advogado especializado em legislação sindical ou coisa parecida.

    Mas acho muito mais viável do que esta discussão, trabalhar sistematicamente para mudar o SINTEPE em vez de buscar uma opção de tamanha complexidade.

    ResponderExcluir