segunda-feira, 27 de julho de 2009

Direto ao assunto:

[foradanilo.jpg]

6 comentários:

  1. Professora Juliana27 de julho de 2009 23:05

    Incompetência deveria ser CRIME!Enquanto a educação do estado pega fogo com a greve dos professores, Danilo Cabral é poupado da crise para não se queimar em função de sua campanha eleitoral em 2010.O blog do Jamildo já traz agora à noite fotos da passeata e a nota ridícula do estado a respeito da greve.Esta imagem deveria ser estampada em camisa, acompanhada da frase :EU APOIO ESTA CAUSA!

    ResponderExcluir
  2. NOTA DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

    (É PARA RIR OU CHORAR?)

    NOTA À IMPRENSA

    A Secretaria de Administração (SAD) lamenta a decisão de parte dos trabalhadores em educação de escolher o caminho da radicalização e do confronto ao optar pela manutenção da greve, mesmo após a justiça decretá-la ilegal.

    O Governo do Estado espera que os servidores tenham bom senso e coloquem um ponto final em um movimento que só traz prejuízos aos alunos da rede estadual de ensino.

    A SAD reitera que, ao final da paralisação, os pleitos de natureza não financeiros serão imediatamente tratados e que reajustes salariais só poderão ser negociados a partir do fechamento do segundo quadrimestre.

    Ressalta-se ainda que as medidas para assegurar a continuidade do ano letivo estão sendo rigorosamente colocadas em prática, tais como: convocação de professores substitutos; controle de freqüência; corte do ponto; desconto na remuneração dos servidores grevistas e pagamento do salário no dia 5 de agosto, enquanto que os demais receberão no dia 29 de julho; rescisão dos servidores temporários; encaminhamento à comissão de sindicância dos casos de diretores ou adjuntos que aderirem à paralisação e seleção pública.

    A Secretaria de Administração lembra que em 2008 foi celebrado o Sintepe um acordo que resultou na aprovação da Lei Complementar nº 112, que assegura aos servidores da educação a antecipação integral do Piso Nacional do Profissional do Magistério.

    Com a decisão, os profissionais pernambucanos foram os primeiros do país a receberem o piso estipulado pela Lei Federal nº. 11.738.

    O acordo celebrado com o Sintepe ainda prevê, e isso está assegurado, que novamente o Governo do Estado se antecipará e implantará o valor do piso como vencimento-base já em novembro de 2009.

    Para este ano, o reflexo da implantação do Piso é de um incremento na folha de pagamento da ordem de R$ 220 milhões.

    Em 2008 o incremento foi de R$ 75 milhões.

    ResponderExcluir
  3. Não suportamos mais os bombardeios mentirosos vindos da mídia, já não basta as pressões do governo.
    Em Assembleia (hoje)foi aprovado o ATO em que QUEIMAREMOS os principais jornais mentirosos do Estado.
    Quanto à estampa da camisa Juliana, esta do "DESAPARECIDO" e "PISO de PERNAMBUCO" postada anteriormente, são perfeitas para virar farda no dia da nossa rotina escolar.
    Providenciarei a minha assim que acabar o corre-corre do movimento.
    JULIANA, um abraço bem grannnnnnnnnnnde !!!!

    ResponderExcluir
  4. Mais mentiras, pagou o PISO?
    Quem precisa ter bom senso é o senhor Eduardo Campos,mais do que nunca, este, reforça sua natureza "socialista ditadora" além, do terrorismo jogado contra os trabalhadores em educação, ameaça também exonerar diretores.
    Que bandidagem, que vergonha, que nojo para Pernambuco.
    Espero que nossa categoria não esqueça disso nos próximos pleitos.

    ResponderExcluir
  5. O governo fala aos quatro ventos que paga o piso que vai ter gente que acreditará mesmo sem recebe o dito acr´scimo no salário.

    Senhores, governador e secretário fantasma, poupem-nos de falácias.

    Uma sugestão para o SINTEPE . Faça publicar um contra-cheque em todos os jornais, com o salário de docente com licenciatura plena. Calem as bocas desses senhores, por favor, e façam-os explicar os valores reais da remuneração.

    Esta brincadeira de dizer que pagou o piso já está indo longe demais. A nossa verdade é bem dura e não há espaço nem paciência para ouvir-mos calados tamanhos absurdos.

    Vivemos uma crise absurda e o governo quer vender imagem de estabilidade, pior joga para o ano de eleição diálogos que não podem esperar mais.

    Acho que ele, o governo, leu o Príncipe de Maquiavel e não entendeu a charada direito.Nas próximas eleições vou pensar bem no governo que eu quero, farei até campaNHA, só que no formato de "não vote neste". Preciso dizer mais???

    ResponderExcluir
  6. FORAAAAAAAAAAAAAAAA!!! Vamos investir nisso, pessoal! FOOORAAAAAAAA DANILOOOOO!!! NÃO VAMOS DEIXAR ESSE MALA SE ELEGER ÀS NOSSAS CUSTAS!

    ResponderExcluir